Existe um scanner feito para você. E encontrá-lo não é tão difícil quanto parece. Antes de analisar as diferenças entre os modelos, determine o que é mais importante para você: Que recursos são necessários? Qual será a aplicação do periférico? Qual o valor disponível para investimento? Descubra o seu estilo para encontrar o scanner ideal para o seu perfil.

Uso eventual: documentos e impressos em geral

Algumas pessoas utilizam o scanner para digitalizar documentos, notas fiscais ou manuais de instalação. Neste caso, há uma preocupação com a segurança, pois ao digitalizar o impresso cria-se uma cópia que não será perdida com tanta facilidade como um pedaço de papel no fundo da gaveta.

É comum que ao ter extremo cuidado para guardar um documento importante o indivíduo acabe por esquecer o tal lugar seguro em que a papelada foi arquivada. Ao digitalizar os documentos, a localização se torna bem mais simples e é possivel até mesmo criar um backup virtual que poderá ser acessado de qualquer computador conectado a internet.

Nestes casos, um scanner simples, com resolução de 300 dpi é suficiente. Caso a sua intenção seja reproduzir o documento digitalizado, o ideal é adquirir um aparelho multifuncional que reune as funções de scanner e impressora numa só máquina.

Se existe a necessidade de editar os textos digitalizados, será preciso dispor de um programa de reconhecimento óptico de carateres (OCR). Sem este recurso instalado, o documento será digitalizado como imagem, ou seja, não será permitida a modificação dos textos.

Uso acadêmico: trabalhos escolares

Papel almaço, cartolina e canetinha... O tempo em que esses itens eram indispensáveis para a apresentação de um trabalho escolar ficou num passado distante. Hoje, com alguns cliques na internet os alunos escolhem as imagens mais apropriadas para sua pesquisa. Ou, no caso de estudantes mais dedicados, o melhor é recorrer a um bom scanner para digitalizar as fotos do livro. Sempre que houver a necessidade de reproduzir imagens digitalizadas é preciso redobrar a atenção com a resolução utilizada.

A função primordial de um scanner é digitalizar uma imagem ou documento. Por isso, um dos principais atributos que devem ser observados em cada modelo é a capacidade de resolução proporcionada. Quanto maior a resolução, melhor a qualidade da imagem digitalizada. Para uso doméstico, o indicado é um scanner com resolução de 300 x 600 dpi.

Esteja atento ao tipo de software fornecido com o scanner. Geralmente, os periféricos são acompanhados por um programa básico para digitalização simplificada. Com um pouco mais de investimento, é possível adquirir um scanner com software de edição de imagens, que possibilitará pequenos retoques e correções nas imagens.

Para tratar profissionalmente as imagens é indispensável contar com um scanner de ótima resolução. Para a digitalização de outros materiais como, por exemplo, transparências, é preciso dispor de um scanner específico ou que suporte adaptador. É bom lembrar que nem todo scanner está apto a digitalizar qualquer tipo de original.

Uso profissional: fotos antigas e tratamento de imagem

Os interessados em atuar em áreas que envolvam tratamento de imagem devem optar por scanners com maior resolução como, por exemplo, 1.200 x 2.400 dpi. Também é importante entender a diferença entre resolução óptica e resolução interpolada:

  • Resolução óptica - define a real capacidade do scanner em captar os pontos necessários para reproduzir a imagem em versão digital. Por exemplo, quando um scanner proporciona resolução óptica de 400 x 600 significa que o mesmo esta apto a capturar 400 pontos em uma linha horizontal e 600 pontos em uma linha vertical por polegada.
  • Resolução interpolada - resolução criada por um software quando é necessário ampliar a imagem sem prejudicar demasiadamente sua qualidade. Quando uma imagem de resolução 400 x 600 é ampliada em 30% do seu tamanho original seu formato cresce, mas a quantidade de pontos que formam a imagem continua a mesma. Com isso, a imagem gerada é de baixa qualidade e fica granulada.

PC x MAC

Ao escolher seu scanner não se esqueça de verificar a compatibilidade do modelo com o seu tipo de computador, nem todo aparelho pode ser utilizado tanto no PC quanto no MAC. Além disso, informe-se também sobre a compatibilidade com o sistema operacional do seu micro, por exemplo: Windows XP ou Windows Vista.

Comparador de produtos

(0)