Notebooks ganharam espaço no mercado por sua conveniência e mobilidade, tornando o seu custo-benefício, em vários casos, muito melhor do que o de um computador tradicional.

Hoje há uma enorme gama de opções, configurações e preços. Do modelo básico, custando a partir de RS 1.200,00 até os mais completos, acima de R$ 3.000,00.

Substituir ou complementar?

Há usuários que compram notebooks para substituir o computador comum, também chamado de desktop. Outros têm como principal finalidade a utilização em viagens e reuniões. Além de prestar atenção ao tamanho e ao peso do modelo a ser escolhido, outro fatores também devem ser levados em conta. É o caso da memória RAM.

O que é a memória RAM?

Ela é responsável pelo armazenamento aleatório, ou seja, é lá onde são gravados os dados trabalhados no momento e onde são executadas a maioria das operações da CPU. Ela permite a leitura, a gravação e a regravação de dados, mas é apenas temporária.

Os dados são salvos no HD, também chamado de disco rígido. Quando um programa é carregado, ele é lido no HD e transferido para a memória RAM, para que seja então executado pelo processador.

Notebooks com processadores de baixo desempenho raramente possuem mais de 1GB de memória RAM, permitindo apenas o trabalho com sistemas operacionais leves. Porém, é possível adquirir mais pentes de memória e fazer a instalação em uma assistência autorizada pelo fabricante. Lembrando sempre: existem pentes de memória com 2Gb, 4Gb ou até mais e cada modelo, devido à suas características técnicas pode suportar um limite determinado de pentes.

Atenção: para utilização corriqueira (e-mail e sites) você não precisa de uma configuração de ponta!

Quem deseja navegar na internet e editar textos, pode optar por processadores de baixo desempenho e utilizar a memória de fábrica. Aqueles que fazem uso de aplicativos pesados, como programas de edição de foto ou vídeo, necessitam de alto desempenho e devem dar preferência aos processadores de núcleo duplo e mais capacidade de memória.

Vai jogar, assistir ou editar?


A memória RAM não é utilizada somente pelo processador.  Os jogos mais recentes e pesados, a edição e a renderização de vídeos exigem bastante trabalho das placas de vídeo que, por sua vez, exigem da memória RAM.

Placas de vídeo com memória dedicada oferecem um maior desempenho, pois acessam as informações mais rápido do que as que partilham a memória RAM da máquina com o processador. Quem costuma utilizar vários programas ao mesmo tempo também precisa dar atenção especial à memória RAM. 

Os sistemas operacionais mais recentes não funcionam com menos de 256MB de RAM, prejudicando a performance do computador.  No Vista, por exemplo, 512MB é o mínimo necessário pra que ocorra a instalação. Por isso, os computadores atuais possuem, ao menos, 1GB de memória.

Para jogos recentes, é necessário no mínimo 256MB de memória em placas de vídeo compartilhadas ou 128MB em placas dedicadas.

E se meu notebook precisar de mais memória?

Os notebooks possuem um tipo de módulo de memória diferente dos computadores comuns, SO-DIMM (Small Outline Dual in Line Memory Module). Quando o desempenho do seu computador não for mais satisfatório é possível fazer um upgrade na memória RAM.

No manual do seu notebook consta o tipo de memória, a quantidade e a capacidade máxima por módulo que ele aceita. Mesmo que haja algum soquete livre, é aconselhável procurar assistência técnica especializada para realizar o aumento ou a troca de memórias.

Comparador de produtos

(0)