Os telefones celulares com tela sensível ao toque (touchscreen) estão na moda, e existem muitos modelos e opções. Como escolher?

Questão de toque: capacitiva e resistiva

É importante saber que há dois tipos de tecnologias de telas touchscreen e cada uma delas funciona com um tipo de toque diferente. Então, é importante saber se você prefere um aparelho que funciona com o toque do dedo (chamada capacitiva), ou se prefere usar uma caneta (resistiva).

Na ponta dos dedos

Alguns aparelhos, como os iPhones e os da HTC, usam um tipo de tela sensível ao toque do dedo. Assim, os sensores são capazes de identificar o ponto específico onde o toque ocorreu, adquirindo coordenadas de maneira precisa e imediata.

Alguns, como o iPhone da Apple e o Milestone da Motorola, possuem funcionamento multitouch, sentindo mais de um toque simultâneo. Esta tecnologia é chamada capacitiva. A desvantagem é que estes aparelhos não permitem o uso de caneta, que não causa distorção no campo elétrico.

Usando a caneta

Os aparelhos que usam caneta, como Nokia ou Blackberry, usam uma tecnologia chamada resistiva. São menos sensíveis e não aceitam mais de um toque ao mesmo tempo. Alguns aparelhos resistivos já são capazes de sentir o toque dos dedos.

Tipos de usos x tipos de tela

Tipo de tela

Usos

Dedos

Melhor para navegar, visualizar imagens ou música.

Caneta

Melhor para escrever textos, marcar pontos específicos da tela (uso como Palm/agenda).

Qual é a melhor tecnologia para o meu celular?

Depende. Há vantagens e desvantagens, em relação a durabilidade, qualidade e precisão.

Qualidade

A tecnologia capacitiva dura mais e é mais precisa. A resistiva costuma sofrer um pouco de atraso e imprecisão por causa da parte mecânica do dispositivo, e desgasta-se em longo prazo.

Precisão

A capacitiva, tipo iPhone, é mais precisa, e por isso permite toques mais sutis, porém não suporta a caneta. A resistiva não detecta toques leves. Para navegar, é muito mais fácil usar os dedos. Para teclar, depende do hábito.

Limpeza

A desvantagem aqui fica para a capacitiva. Usar o touchscreen com os dedos faz com que a tela frequentemente fique engordurada pelo contato com os dedos, e assim a resistiva é mais higiênica.

Funcionalidade

O fato de poder usar o multitouch, e realizar mais funções utilizando dois ou mais dedos torna as telas capacitivas mais úteis e capazes de realizar mais tarefas. Entretanto, não permitem o uso de lápis, que é interessante para algumas aplicações.

Por exemplo, a necessidade do uso de caneta é muito comum nos países orientais, dado que ela é mais precisa e permite uma melhor capacidade de reconhecimento de caracteres do tipo ideograma, como os alfabetos japoneses, chineses e coreanos. Assim, muitos aparelhos utilizados no mercado asiático usam a tecnologia resistiva, mesmo sendo menos avançada.

Tamanho da tela do celular

Quanto a tamanho, há duas características opostas: quanto maior a tela, melhor para navegar, visualizar textos e encontrar informação. Porém, isso também significa um aparelho maior para carregar no bolso, e às vezes também bem mais caro.

O iPhone, modelo de referência em telas grandes, possui 3,5”, e a tela é ótima para navegar, além de possuir zoom. Entretanto, também é um dos maiores aparelhos, e não possui teclado.

Os Blackberry são mais usados para email e chat, e por isso normalmente possuem telas menores, mas com o teclado físico que facilita a digitação de texto.

Alguns modelos da HTC com Android possuem telas do mesmo tamanho, ou às vezes menores, mas com teclado, mas também são aparelhos bem maiores do que os pequenos telefones de antigamente.

É importante que você saiba exatamente para quê quer utilizar o aparelho antes de escolher, porque o uso pode ser bastante diferente dependendo das características físicas dele.

Touchscreen ou um celular tradicional?

Para os que querem ter um celular de última geração, parece não haver dúvida que os touchscreen são a escolha certa. Porém, há vantagens também nos aparelhos tradicionais, com telas menores.

A tela maior consome muito mais bateria, e por isso é muito mais comum um dono de smartphone ficar sem bateria durante o dia, enquanto que um celular tradicional pode aguentar vários dias sem nenhum problema.

Além disso, por causa do hábito, algumas pessoas costumam escrever muito mais rápido em telefones com teclado do que usando as telas touchscreen.

Comparador de produtos

(0)