Na hora de escolher uma nova câmera digital, aquela que irá acompanhar você no registro de grandes momentos de sua vida, é importante ter em vista qual será o uso deste equipamento e qual a finalidade das fotos.

Você quer apenas registrar encontros e reuniões com amigos e parentes, ou tem necessidade de fazer imagens mais profissionais, em estúdio? Vai usar mais ao ar livre ou dentro de ambientes com luz artificial?  Sabendo o tipo de evento que você pretende registrar, será mais fácil decidir por um modelo mais portátil ou mais robusto, por exemplo, dependendo de suas necessidades.

Regra geral: fique de olho em várias especificações

Além disso, outros pontos merecem a mesma atenção. Atualmente há uma enorme quantidade de máquinas, cada vez mais portáteis e com maior resolução, disponíveis no mercado. Mas uma dica interessante é não se ater a apenas UM ÚNICO fator.

A resolução costuma ser identificada como um grande diferencial entre modelos. E, realmente o é. Só que não é o único.  O zoom do equipamento é fundamental para a qualidade final de imagem.

Em alguns casos, você pode encontrar nas especificações da câmera a soma, ou até a multiplicação, dos valores dos recursos Óptico e Digital. Para ajudar você na escolha certa,  seguem algumas informações que serão úteis na hora de escolher sua máquina fotográfica.

Qual tipo de Zoom é mais indicado para você?

Para quem busca imagens semiprofissionais: O zoom óptico é, sem dúvida, o mais importante entre os dois recursos de zoom, já que o responsável por aproximar o objeto a ser fotografado sem comprometer a qualidade da imagem.

O zoom óptico está diretamente relacionado à qualidade das lentes que a máquina fotográfica possui e sua capacidade para ampliar objetos, como um binóculo, por exemplo, levando a objetiva de sua máquina para “perto” do objeto a ser fotografado. Ou seja, este recurso “diminui” a distância entre fotógrafo e objeto a ser fotografado preservando a qualidade da imagem e a sua riqueza de detalhes.

Caso você fotografe muitas paisagens e queira um material final que possa ser impresso em formatos maiores, procure por câmeras que tenham zoom óptico potente, ou seja, mais de 4x.

Bom para toda hora: O zoom digital é uma ótima ferramenta para edição e para conferir detalhes da imagem após seu registro. Com uma máquina que possua um bom recurso de zoom digital, você será capaz de, após ter tirado sua foto, ampliar e conferir até os menores detalhes da imagem.

Outros programas como Photoshop ou Gimp (para citar apenas dois) permitem que você faça isso em seu computador sem a necessidade de que sua máquina tenha este recurso, mas, com certeza, este recurso aumenta muito sua satisfação e diversão com a sua câmera digital.

Se você busca registrar imagens domésticas e está sempre por perto do lance, uma câmera apenas com zoom digital será uma boa ferramenta.

O melhor de dois mundos: costumamos encontrar no mercado modelos que unem os dois tipos de zoom. Nestes casos, utilize o mesmo raciocínio demonstrado acima, ou seja, identifique como será seu comportamento frente à captura destas imagens. Se você for o tipo “semiprofissional”, opte então por modelos que tenham mais zoom óptico.

Aprecie com moderação

Quando utilizamos o zoom digital para editar uma imagem, devemos ficar atentos à resolução da fotografia. Este recurso apenas “amplia” os pixels de uma parte da imagem, ao invés de aproximar todo o quadro fotografado.

O resultado desta forma de edição pode tornar a imagem sem resolução suficiente para a impressão mesmo que a câmera tenha uma ótima resolução. Para evitar ter que utilizar o zoom digital na edição de imagens, escolha uma câmera que com o maior zoom óptico dentro de seu perfil de uso.

Comparador de produtos

(0)